Contrate uma palestra!

e-mail: | formulário de contato

Voltar a página inicial Home     Entre em contato Contato     Telefones: (11) 3075.3040 / (11) 99983.8948
Tom Coelho - Palestras e Treinamentos Tom Coelho - Palestrante
Tom Coelho Palestras e Treinamentos SIPAT e
Setor Público
Educação e Sistema S Artigos e Publicações Clientes e Parceiros Imprensa Responsabilidade Social
Artigos       Livros       Vídeos       Parábolas


Artigos e Publicações

Latitudes do silêncio



"Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores, matam nosso cão, e não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada."

(Eduardo Alves da Costa)


A violência ganha as ruas e invade os lares. Furtos à luz do dia, assaltos à mão armada. Veículos alvejados, ônibus incendiados. Mulheres estupradas, crianças arrastadas, homens sequestrados. Como não há segurança pública, buscamos o isolamento. Condomínios verticais e horizontais, cercas elétricas, ambientes filmados, guaritas blindadas, muros cada vez mais altos, cachorros cada vez menos dóceis. Enclausurados, acompanhamos os eventos pela TV. Em silêncio.
 
A economia mundial tem característica cíclica. Alterna períodos de expansão com momentos de recessão. Algumas nações experimentam crescimento chinês, outras são combalidas por forte depressão. No Brasil, assistimos há anos ao aumento da carga tributária, dos gastos do governo e a uma política de juros reais irracionais. A sanha arrecadadora, os cabides de emprego e a inépcia gerencial imperam. Empresários pagam taxas de 50% ao ano para teimosamente captar recursos para investimento. Um quarto dos jovens sofre com o desemprego. Aposentados fazem fila em financeiras para antecipar seus benefícios através da armadilha do crédito consignado. Acuados, aceitamos com permissividade.
 
Representantes eleitos democraticamente e empossados há poucos meses envolvem-se em todo tipo de desmando. Criam comissões para simular investigações, escondem-se atrás de imunidades, torram o dinheiro dos contribuintes para sustentar interesses pessoais. Enquanto isso, as reformas necessárias ao país aguardam passivamente espaço na pauta de votações de pessoas que, quando muito, trabalham três dias por semana.
 
Isso tudo é mais do mesmo. Nenhuma novidade. Estamos anestesiados, inertes, algemados. Já não é mais tolerância. É complacência. Uma submissão terrível, porque estamos ficando habituados.
 
Mais um avião cai ceifando, desta vez, 199 vidas e afligindo, em cadeia, outras milhares. Nenhuma delas recebe Bolsa Família. Em dez meses saberemos aproximadamente o porquê dos fatos. Ninguém será responsabilizado, embora sejam muitos os assassinos. Nenhuma providência enérgica que não seja economicamente desejável será tomada.
 
Restará aos familiares a voz embargada pelas palavras não ditas, as lágrimas contidas ou pronunciadas que marejam os olhos, o grito oco que consome a alma e depois silencia. E a lembrança de fotos em porta-retratos, mensagens gravadas em correios de voz, cartas amareladas pela ação do tempo.
 
A vida, que deveria ser abundante, nunca foi tão pequena, nunca esteve tão frágil. A pergunta não é o que vamos fazer a respeito, mas quem serão as próximas vítimas.


Data de publicação: 25/07/2007


Tom Coelho é educador, palestrante em temas sobre gestão de pessoas e negócios, escritor com artigos publicados em 17 países e autor de nove livros. Contatos: atendimento@tomcoelho.com.br. Visite www.tomcoelho.com.br, www.setevidas.com.br e www.zeroacidente.com.br.




Artigos relacionados

  • Novas canções
    O equilíbrio pessoal e a felicidade vêm da descoberta de novos caminhos e da redescoberta dos bons caminhos que se perderam.
     
  • O país da corrupção
    A corrupção não está restrita ao cenário político-econômico. Ela está presente em nossa cultura, em ações ilícitas praticadas em busca de benefícios pessoais.
     
  • A força da vocação
    10 lições de empreendedorismo de Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica.
     
  • Coragem para mudar
    Temos o hábito de dar importância a desconfortos, mágoas e ressentimentos, quando precisamos aprender a valorizar o que realmente importa.
     
  • Anatomia do amor
    Uma reflexão sobre o que realmente importa.
     
  • Tragédia não é fatalidade
    Fatos do naufrágio em Cananéia/SP e o que deve ser feito para evitar que este tipo de tragédia se repita.
     
  • Ócio improdutivo
    Um trabalhador brasileiro chega a passar quase 40% do ano sem nada produzir. E o grande número de feriados contribui muito com tais estatísticas.
     
  • Celebre sua vida
    A inocência e a pureza de uma criança são suficientes para ensinar aos adultos a importância de valorizar cada novo dia.
     
  • Síndrome de planejamento
    A falta de planejamento compromete nossos resultados e pode levar à frustração.
     
  • Geração sem-sem
    Uma reflexão sobre os novos hábitos das pessoas no uso da tecnologia digital.
     

Procura de artigos


Categorias


Traduzir / Translate



Ao redor do mundo


Hoje os artigos de Tom Coelho são publicados regularmente por mais de 800 veículos, com divulgação em 17 países: Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Uruguai, Venezuela, Panamá, México, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Itália, Cabo Verde e Japão.

Brasil Argentina Bolívia Chile
Colômbia Uruguai Venezuela Panamá
México Estados Unidos Portugal Espanha
Inglaterra França Itália
Cabo Verde Japão


Clientes

Patrocinadores

ComTexto Promo Press - Gráfica off-set e digital Qualidade em Quadrinhos Siamar - Recursos para treinamento Success Tools - Soluções para você e seu negócio TTI SUCCESS INSIGHTS – Pensou em assessment, pensou na gente TW Latin America - Soluções para internet
tom coelho © 2019 - todos os direitos reservados.

Desenvolvido e
hospedado por
tw Soluções para internet
Servidores dedicados, em nuvem e desenvolvimento
www.tw.com.br