Contrate uma palestra!

e-mail: | formulário de contato

Voltar a página inicial Home     Entre em contato Contato     Telefones: (11) 3075.3040 / (11) 99983.8948
Tom Coelho - Palestras e Treinamentos Tom Coelho - Palestrante
Tom Coelho Palestras e Treinamentos SIPAT e
Setor Público
Educação e Sistema S Artigos e Publicações Clientes e Parceiros Imprensa Responsabilidade Social
Artigos       Livros       Vídeos       Parábolas


Artigos e Publicações

Transformar clubes de futebol em marcas globais



"O produto esportivo tem mais em comum com o ócio do que com os produtos tradicionais de consumo. O consumidor esportivo busca espetáculo, diversão, paixão, sentimento. Ele quer que todas as suas emoções sejam levadas em conta."
(Juan Manuel de Toro)


Peter Draper  foi administrador nacional da “Liga da bola de basquete inglesa” por dez anos, diretor de marketing da Umbro Sportswear por 13 anos e depois do Manchester United, onde foi o responsável pela imagem global da marca, seu desenvolvimento e patrocínio.
 
À luz da experiência vivida no Manchester United, um dos clubes de futebol mais festejados da Inglaterra, Draper aplicou uma abordagem corporativa ao marketing esportivo, equiparando o clube a uma empresa, o futebol a um produto e elevando os torcedores à categoria de clientes.
 
O primeiro passo foi a definição de uma visão clara e bem comunicada: “Ser o melhor clube de futebol do mundo tanto dentro quanto fora do gramado”.
 
Para alcançar esta visão, reuniu um conjunto de valores formados por: união, inovação, excelência, determinação e não discriminação (um clube acessível a todos, independentemente de idade, raça, sexo, crença e condição socioeconômica).
 
Atingir a primazia no gramado demanda reunir os melhores talentos e equipe técnica, preparação intensa e inovação constante, sempre respeitando o espírito e as regras do jogo. Fora do gramado, deve-se criar uma cultura de negócios capaz de satisfazer as necessidades de fãs, jogadores, acionistas e colaboradores; melhorar continuadamente o conforto e a segurança das instalações do estádio; aumentar os lucros com atividades futebolísticas e comerciais; oferecer excelência em serviços aos clientes; e participar ativamente da comunidade.
 
A força do Manchester United enquanto negócio reside primeiro no equilíbrio de seu orçamento, cujas receitas são distribuídas proporcionalmente entre venda de ingressos, mídia e área comercial. A maioria dos clubes depende da mídia (TV e cotas de patrocínio) porque são fracos comercialmente e passam a ter seu faturamento controlado por terceiros. A dica é aumentar a renda de bilheteria, através da criação de diferentes categorias de ingressos e venda de pacotes para toda uma temporada. O Manchester ampliou a capacidade de seu estágio e atualmente 20% de seus 75 mil lugares são comercializados antecipadamente sob o sistema de cotas gerando mais receita e maior fidelização.
 
Mesmo na mídia os negócios são integrados abrangendo, além da TV e do rádio, mídia impressa, internet e celular, entre outros.
 
Antes de estabelecer uma estratégia de crescimento, o clube realizou uma ampla pesquisa em 1999 para identificar o perfil de seus torcedores, descobrindo que tem 75 milhões de simpatizantes em todo o mundo, sendo 10 milhões apenas na Inglaterra (20% da população) e 41 milhões na Ásia. O levantamento possibilitou, por exemplo, o lançamento de um cartão de crédito com a bandeira do Manchester na Coreia do Sul, com a rápida adesão de 160 mil pessoas.
 
Algumas estratégias adotadas para o crescimento dos negócios foram: 
  • Maximizar as receitas do estádio;
  • Construir uma presença coesa na mídia;
  • Desenvolver parcerias estratégicas;
  • Expansão internacional sustentável;
  • Desenvolvimento de negócios empresariais em diversas mídias. 
O desafio final e permanente consiste em colocar o torcedor em primeiro lugar. Refletir sobre seus desejos e necessidades, reposicionando produtos e serviços. Prestar uma permanente assistência ao cliente, edificando a marca e conquistando fidelização. Inovar em benefícios sempre – e divertir-se fazendo isso.


Data de publicação: 20/06/2007


Tom Coelho é educador, palestrante em temas sobre gestão de pessoas e negócios, escritor com artigos publicados em 17 países e autor de nove livros. Contatos: atendimento@tomcoelho.com.br. Visite www.tomcoelho.com.br, www.setevidas.com.br e www.zeroacidente.com.br.




Artigos relacionados

  • A força da vocação
    10 lições de empreendedorismo de Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica.
     
  • A farsa do Facebook
    Investir financeiramente no Facebook é um engodo. Os números apresentados são uma ilusão diante dos resultados efetivamente alcançados.
     
  • Como perder clientes
    O que uma terrível experiência com a Dell Computadores pode ensinar em relação à qualidade de atendimento.
     
  • Homenagem em vida
    Uma reverência a Francisco Madia, a maior autoridade em marketing do Brasil e um dos maiores especialistas do mundo.
     
  • Marketing de percepção
    Maquiar transações e balanços contábeis não virou moda. Sempre foi. Empresas fraudam, executivos mentem, auditores omitem, analistas recomendam. Vivemos em um mundo governado pela ditadura da imagem. O triunfo da estética sobre a moral.
     
  • Um instante, uma palavra
    Não importa a ocasião ou a duração de um encontro. Uma única palavra, em um mero instante, pode influenciar as decisões e o destino de outrem.
     
  • As crianças e seus brinquedos
    Reflexões decorrentes do projeto fotográfico de Gabriele Galimberti retratando crianças de várias partes do mundo com seus brinquedos.
     
  • Lições do Corinthians para o mundo corporativo
    Esporte e mundo corporativo mais uma vez se encontram com cinco lições extraídas de um time vencedor para o universo dos negócios.
     
  • A ética e a compra de seguidores nas redes sociais
    No vale tudo pela exposição pública, a ética é jogada no lixo com a prática da compra de seguidores em redes sociais.
     
  • Cliente, este intruso
    A mediocridade no atendimento pode sepultar uma empresa.
     

Procura de artigos


Categorias


Traduzir / Translate



Ao redor do mundo


Hoje os artigos de Tom Coelho são publicados regularmente por mais de 800 veículos, com divulgação em 17 países: Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Uruguai, Venezuela, Panamá, México, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Itália, Cabo Verde e Japão.

Brasil Argentina Bolívia Chile
Colômbia Uruguai Venezuela Panamá
México Estados Unidos Portugal Espanha
Inglaterra França Itália
Cabo Verde Japão


Clientes

Patrocinadores

ComTexto Promo Press - Gráfica off-set e digital Qualidade em Quadrinhos Siamar - Recursos para treinamento Success Tools - Soluções para você e seu negócio TTI SUCCESS INSIGHTS – Pensou em assessment, pensou na gente TW Latin America - Soluções para internet
tom coelho © 2018 - todos os direitos reservados.

Desenvolvido e
hospedado por
tw Soluções para internet
Servidores dedicados, em nuvem e desenvolvimento
www.tw.com.br